topo

DR. CARLOS DE LUCA - Gastrocirurgia

Com dedicação, estudo, empenho e profissionalismo o Dr Claudio de Luca formou uma equipe altamente.
Cirurgias: Obesidade, Hérnias, Hérnia de Hiato, Colecistectómica e Robótica. Está indicada para você?
Obesidade e obesidade mórbida:
Obeso - índice de Massa Corpórea (IMC) de 30 ou superior.
Obeso Mórbibo - Índice de Massa Corpórea (IMC) de 40 ou superior (equivale a aproximadamente 45Kg acima do peso do corpo).
Orientações clínicas a serem consideradas:
45 Kg acima do peso ideal do corpo ou IMC de 40 ou superior.
IMC de 35 ou superior com um ou mais problemas de saúde relacionados à obesidade.
Outras considerações:
Histórico de tentativas de perda de peso anterior;
Prática vitalícia de acompanhamento médico, com atividades físicas e dietas;
Avaliação psicológica.
Riscos: Todas as principais cirurgias implicam um certo nível de risco, até mesmo morte. Os riscos da cirurgia de perda de peso variam de acordo com o procedimento utilizado. Peça a seu cirurgião para discutir os riscos específicos ao passar pela consulta.
Cirurgia Robótica - Com os recentes avanços da tecnologia, a cirurgia robótica proporciona ao cirurgião um acesso ao abdômen de maneira minimamente invasiva podendo tornar a cirurgia em alguns casos menos cansativa e mais precisa.
O cirurgião opera sentado num console ao lado da mesa cirúrgica com uma imagem mais estável e em 3D facilitando a melhor identificação das estruturas. O robô reproduz os mesmos movimentos de amplitude da mão humana sendo, neste caso, mais vantajosos do que na cirurgia laparoscópica.
Hérnia de Hiato Refluxo Gastresofágico -
Hérnia de Hiato é a protrusão (deslocamento de um órgão da sua posição original) para o tórax de uma víscera abdominal através do orifício no diafragma chamado Hiato Esofágico. Este orifício normalmente permite a passagem do esôfago, do tórax ao abdome. O problema é que a víscera normalmente envolvida neste processo é o estômago.
Sintomas -
Refluxo do conteúdo gástrico para o esôfago. Em condições normais, este refluxo acontece em pequenas quantidades. Quando o refluxo aumenta, pode acontecer a inflamação da mucosa esofágica, que se apresenta na forma de dor – geralmente em queimação – localizada na parte central do tórax, além da regurgitação de alimentos. É importante salientar que o refluxo pode ocorrer na presença ou na ausência da hérnia hiatal. Entretanto, a principal causa da doença de refluxo gastresofágicos é a hérnia de hiato diafragmático. Hérnias da Parede Abdominal -
Hérnia é a protrusão (abaulamento) de uma parte do organismo que se exterioriza através de uma fraqueza natural ou adquirida. O conteúdo das hérnias é constituído, habitualmente, por alças intestinais e o grande problema é quando não conseguimos reduzir o conteúdo das hérnias tratando-se então de uma complicação cirúrgica emergencial.
Tipo -
Hérnia Inguinal (Virilha);
Hérnia Umbilical;
Hérnia Epigástrica (Acima do Umbigo);
Hérnia Incisional (Cirurgia Abdominal Anterior).
Tratamento -
O tratamento das hérnias é cirúrgico, podendo ser agendada pelo médico eletivamente desde que não seja uma hérnia encarcerada ou estrangulada.
Nos dias de hoje, com técnica operatória bem definida e materiais de sutura de ótima qualidade, os resultados da cirurgia são muito bons tendo um índice de recidiva que pode variar de 0,5 a 3,0 %.Em alguns casos ,quando existe uma fraqueza importante no local da hérnia, sua correção pode utilizar próteses sintéticas.
Colecistectomia – Cálculo de Vesícula Biliar
A vesícula biliar é o órgão responsável por concentrar e armazenar a bile, líquido produzido pelo fígado que é liberado no intestino durante a passagem dos alimentos participando efetivamente da digestão.
A formação de cálculos (pedras) na vesícula biliar pode ocorrer ocasionalmente.
É mais comum em mulheres, obesos, diabéticos e idosos, mas há casos registrados em jovens, não obesos e homens.
Sintomas -
Episódios de dor abdominal em cólicas, principalmente após a ingestão de alimentos gordurosos.
Diagnóstico -
O diagnóstico é feito através dos sintomas e confirmado com a realização de ultra-sonografia abdominal.
Tratamento -
Com o diagnóstico confirmado, o tratamento é a colecistectomia (retirada da vesícula biliar). Na maioria dos casos essa cirurgia pode ser realizada por via laparoscópica, com as vantagens de proporcionar período de internação reduzido, menos dor no pós-operatório e retorno mais rápido às atividades pessoais e profissionais.


  (11) 3078-9806
Whatsapp da loja DR. CARLOS DE LUCA - Gastrocirurgia  (11) 96860-0519
Rua Tabapuã, 649 - Conj. 45    + desta rua

FAVORITOS