topo

ARQ.FUTURO

Ao longo de uma década, o Arq.Futuro cumpriu uma trajetória singular e hoje ocupa um lugar de extrema relevância no urbanismo brasileiro. Concebido em 2011, como um desdobramento da BE? Editora, conhecida por suas publicações sobre arquitetura e artes, ele tinha inicialmente o objetivo de reunir arquitetos de vários países para trocar experiências e discutir os rumos da arquitetura contemporânea. Nos anos seguintes, o foco do evento foi ampliado. Seu eixo passou a ser não apenas a arquitetura, mas a cidade – não apenas a paisagem construída, mas também as relações que a criam e as possibilidades de transformação que ela contém.
Em um mundo cada vez mais urbanizado e em um país marcado por grandes disparidades sociais e econômicas, a cidade se impôs como tema. Para apreendê-lo em toda sua complexidade, o Arq.Futuro congregou pesquisadores e profissionais de diferentes áreas, em um movimento multidisciplinaridade que se conserva até hoje e resultou na formação de uma importante base de conhecimentos sobre inovação urbana no Brasil e na América Latina.
Nos últimos anos, a articulação promovida entre pesquisadores acadêmicos, gestores públicos, organizações da sociedade civil e lideranças comunitárias deu origem a uma série de iniciativas, propostas e ações práticas, sobretudo em territórios periféricos e mais vulneráveis das metrópoles brasileiras. Essa ampla experiência com o urbanismo social no Brasil mostrou-se especialmente valiosa na rede de solidariedade montada em São Paulo e no Rio de Janeiro com o objetivo de enfrentar os primeiros estágios da pandemia de coronavírus, que atingiu o país em março de 2020.
Paralelamente, o Arq.Futuro passou a focar em ações educativas, voltadas tanto para crianças e jovens quanto para profissionais e diversas formações, atuando dentro de instituições de ensino. Consolidou-se, assim, como instância de educação, articulação e consultoria no desenho e na gestão das cidades.
Em parceria com o Insper, firmada em 2019, foi criado o Laboratório Arq.Futuro de Cidades, que tem na interdisciplinaridade a base de uma plataforma para o ensino e a pesquisa sobre o meio urbano, com foco na inovação. O laboratório se insere no contexto dos programas educacionais e centros de pesquisa existentes na instituição de forma transversal, formando uma plataforma interdisciplinar que oferece grande liberdade para a reflexão e estabelecimento de múltiplas associações, propício ao aprendizado, à pesquisa e à inovação, e compreende que o conhecimento sobre as cidades deve ser entendido como um campo de atuação onde profissionais de diversas disciplinas aplicam seus conhecimentos e ferramentais.


  (11) 3089-8855
Rua Elvira Ferraz, 250 - Conj.411    + desta rua

FAVORITOS